Email sedfcontato@gmail.com
Telefone (61) 3273 0307

SindEnfermeiro marca presença na audiência sobre as 30 horas da enfermagem

Atualizado em 22, agosto 2019 - 19:37:50

O Sindicato dos Enfermeiros do Distrito Federal (SindEnfermeiro-DF) participou na manhã desta terça (16), da Audiência Pública que debateu o Projeto de Lei 2295/2000, que trata ta instituição da jornada de trabalho para os profissionais da enfermagem de todo o Brasil. A audiência aconteceu no Plenário 02 da Câmara dos Deputados e foi realizado pela Comissão de Legislação Participativa e contou com a participação de parlamentares, do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), dos Conselhos Regionais de Enfermagem dos estados (COREns), além de representações sindicais de enfermeiros e auxiliares e técnicos em enfermagem.

Para o diretor executivo do SindEnfermeiro, Tarcísio Faria, quando esse tipo de debate é feito, está sendo discutida qualidade de vida, não só dos profissionais de enfermagem, mas também para os pacientes. “A enfermagem é a categoria que mais sofre com doenças relacionadas ao trabalho, como por exemplo, LER (Lesão por Esforço Repetitivo), doenças ergonômicas e transtornos psiquiátricos que podem levar auto-extermínio. A aprovação das 30 horas é uma questão de justiça para a enfermagem”, afirma.

Segundo Tarcísio, “os Poderes Executivo e Legislativo fecham os olhos e são negligentes com a situação da jornada extremamente cansativa que os profissionais da enfermagem têm no Brasil”. Ele chama a atenção para a orientação de órgãos internacionais sobre a carga-horária dos trabalhadores da saúde. “A Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) já chamaram a atenção para o fato de que profissionais que trabalham com a dor, a morte e com o sofrimento alheio não devem trabalhar mais que 30 horas semanais”, completa.

No final da audiência, o deputado federal Frei Anastácio Ribeiro (PT-PB) assegurou a todos os participantes que se reunirá com o presidente de Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para colocar o PL na pauta da Casa. O SindEnfermeiro acompanhará de perto a tramitação na matéria na Câmara, uma vez que esse tipo de projeto é de extrema importância não só para os enfermeiros, mas para todos os trabalhadores da enfermagem.