Email sedfcontato@gmail.com
Telefone (61) 3273 0307

CLDF derruba veto e assegura insalubridade máxima a profissionais que estão na linha de frente contra o coronavírus

Publicada em 24 de setembro de 2020

Na última terça-feira (22), a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) derrubou integralmente o veto do governador Ibaneis Rocha ao Projeto de Lei Complementar 41/2020, que estabelece o pagamento de insalubridade em grau máximo aos servidores que estão na linha de frente contra a Covid-19.

Criado pela distrital Arlete Sampaio (PT), o projeto determina que os servidores tenham direito a receber um adicional de insalubridade de 20% dos seus vencimentos. O veto ao texto foi derrubado por unanimidade, com 13 votos contrários.

Para presidente do SindEnfermeiro, Dayse Amarílio, a derrubada do veto representa uma vitória importante para os enfermeiros e todos os servidores que estão lutando contra a Covid-19. “O sindicato também entrou com uma ação judicial para que esse direito fosse assegurado para todos os enfermeiros – da rede pública e privada -, mas ainda não conseguimos a decisão nem administrativa nem judicialmente”, pontuou Dayse.

“A derrubada do veto dará um argumento e uma segurança jurídica para que possamos solicitar novamente esse direito. O SindEnfermeiro está fazendo empenhado para que todos os trabalhadores gozem desse direito”, finalizou a presidente.