Email sedfcontato@gmail.com
Telefone (61) 3273 0307

SindEnfermeiro representa a Enfermagem do DF na Greve Geral

Atualizado em 21, agosto 2019 - 13:01:05

O SindEnfermeiro representou a enfermagem do Distrito Federal nos atos de Greve Geral e manifestação contra as reformas da previdência e trabalhista, nessa sexta (28), na Esplanada dos Ministérios. SindEnfermeiro, demais entidades sindicais e cidadãos também protestaram contra as medidas do Governo do Distrito Federal (GDF), que busca retirar direitos conquistados pelos trabalhadores com projetos como a privatização do Hospital de Base, cortes indevidos de salários e a proposta da avaliação de desempenho, apresentada nessa última semana à Câmara Legislativa.

Em protesto pacífico, entidades sindicais de diversas categorias de trabalhadores protestaram e colocaram-se contra a aprovação das reformas da previdência e trabalhista apresentadas pelo Governo Temer. Jorge Henrique, diretor do SindEnfermeiro chamou a atenção para o fim da aposentadoria digna, sugerida pelo Governo Federal e também repudiou as tentativas de privatização da Saúde pública do DF.

_MG_0443

“Estamos vendo um desmonte contra os direitos trabalhistas aqui no Brasil. Esse ato hoje, aqui no Distrito federal e em todo o Brasil, mostra que é possível resistir, lutar e vencer. Não vamos aceitar uma política de privatização da Saúde que é implementada pelo Governo Temer e pelo Governo Rollemberg, aqui no DF, com a implementação das OSs e com a privatização do Hospital de Base” disse Jorge.

O representante do SindEnfermeiro defendeu os direito do trabalhador da saúde a aposentadoria plena. “É inaceitável que o trabalhador da saúde tenha que trabalhar até a morte e não aproveite a aposentadoria que lhe é de direito e foi conquistada com tanto suor ao longo do tempo”completou.

_MG_0345

Mobilização

O Eixo Monumental foi bloqueado pelas forças de segurança nos dois sentidos, desde a meia-noite, na altura do Museu da República até o Congresso Nacional.

Até o fim da manhã, a Polícia Militar contabilizou mais de 3 mil manifestantes, na Esplanada.

A Secretaria de Segurança do DF estima mais de 10 mil pessoas nos protestos.

_MG_0425 _MG_0402 _MG_0399 _MG_0362 _MG_0351 _MG_0295 _MG_0290

_MG_0333